logo mobile thiago site cirurgiao trauma

Fratura do tornozelo

Fraturas do tornozelo são fraturas que acometem a extremidade distal da perna (próxima ao pé). Estas fraturas podem ter a lesão de um único osso ou uma combinação de fraturas que podem ser: maléolo lateral (porção distal da fíbula), maléolo medial (protuberância medial e distal da tíbia) e o maléolo posterior (porção posterior e distal da tíbia).

 

Em geral estas fraturas ocorrem por mecanismos de entorse, muito comuns em práticas esportivas. Em sua maioria são de tratamento cirúrgico pois afeta uma região articular e mesmo pequenos desvios podem levar a formação de um processo degenerativo criando uma articulação rígida e dolorosa. A cirurgia, em geral, corresponde a redução anatômica da fratura e fixação com placas e parafusos os quais, mesmo após a consolidação da fratura, não apresentam necessidade de retirada de rotina; grande parte do processo de cura da fratura passa por um processo de reabilitação fisioterapia para recuperação da força muscular, da amplitude de movimento da articulação e treino de marcha.

É uma das #fraturas mais comuns tratadas pelos ortopedistas geralmente são causadas por lesões torcionais mais comuns em mulheres idosas, mas podem acometer qualquer faixa etária.

 

Anatomia

Três ossos formam a articulação do tornozelo:

·         Tíbia

·         Fíbula

·         Tálus

 

A região distal da #tíbia e da #fíbula possuem partes específicas que compõem o #tornozelo:

·         Maléolo medial

·         Maléolo posterior

·         Maléolo lateral

 

As #fraturas do #tornozelo são classificadas de acordo com a área do #osso que está quebrada. Por exemplo, uma ruptura no final da #fíbula é nomeada de #fratura do maléolo lateral ou, se ambas tíbias e fíbulas estão fraturadas, é nomeada de fratura bimaleolar.

Duas articulações estão envolvidas nas fraturas do tornozelo:

·         Articulação do tornozelo - onde a #tíbia, a #fíbula e o tálus se encontram;

·         Articulação da sindesmose - a articulação entre a #tíbia e a #fíbula, que é unida por ligamentos.

 

 

Causas

Causas comuns para um #tornozelo #fraturado incluem:

·         Torcer ou girar o tornozelo;

·         Tropeçar ou cair;

·         Impacto durante um acidente de carro, moto, pratica de atividade física entre outras

 

Sintomas

Como uma entorse grave no #tornozelo pode parecer o mesmo que um #tornozelo quebrado, cada lesão no #tornozelo deve ser avaliada.

Sintomas comuns para um #tornozelo quebrado incluem:

·         Dor imediata e severa

·         Inchaço

·         Limitação funcional

·         Não conseguir suportar peso no pé lesionado

·         Deformidades (em casos graves)

 

Tratamento:

 

Tratamento não cirúrgico

Há a possibilidade de não necessitar de cirurgia se o #tornozelo estiver #fratura, porém na posição correta (estável).

Essas #fraturas podem ser tratadas com o uso de #imobilização gessada ou orteses tipo robofoot.

A visita ao #médico é regular, para repetir as radiografias do #tornozelo e certificar de que os fragmentos da fratura não saíram do lugar ao longo da recuperação.

 

Tratamento cirúrgico

Se a #fratura estiver fora do lugar ou o #tornozelo estiver instável, deve ser tratada com cirurgia. No decorrer deste tipo de procedimento, os fragmentos ósseos são primeiro reposicionados em seu alinhamento normal. Eles são mantidos unidos com parafusos especiais e placas, fixadas à superfície externa do osso.

 

Recuperação

Visto que há uma ampla gama de lesões, há também uma ampla gama de como as pessoas se recuperam após a lesão. Leva ao menos 6 semanas para os ossos fraturados se consolidarem. Pode demorar mais tempo para os ligamentos e tendões envoltos cicatrizarem.

Como relatado acima, o #médico monitorará a consolidação óssea com radiografias repetidas.

A recuperção será associada a realização de sessões de #fisioterapia, visando a reabilitação funcional e motora e um retorno precoce as atividades laborativas do paciente.

 

#tornozeloinchado #médico #fisioterapia #tornozelo #fratura #tíbia #fíbula #fraturado

emergencia-png-3.png

Emergência de Fratura