logo mobile thiago site cirurgiao trauma

Fratura da Patela

A Patela é responsável pelo aumento de força e agilidade nos movimentos de flexo – extensão do joelho, funcionando como uma polia. Uma estrutura com pouca proteção, existindo apenas a pele e um pouco de gordura por cima, sendo muito susceptível a trauma, consequentemente a fraturas, principalmente em quedas e acidentes automobilísticos.

A fratura da patela pode ocorrer por trauma direto, sendo o mais comum nos atendimentos, porém pode ocorrer indiretamente, por um movimento que cause a contração excessiva da musculatura da coxa.

O tratamento conservador geralmente é indicado em fraturas com pouco desvio (<2mm), fratura fechada, com mecanismo extensor íntegro e sem outras lesões associadas.

Se deslocar, a cirurgia é indicada.

A técnica a ser utilizada vai depender dos parâmetros de gravidades. Dependendo do tipo de fratura, pode ser necessária mais de uma cirurgia. Dentre as principais técnicas empregadas, está a utilização de placas, parafusos e fios. Em alguns casos, até mesmo uma patelectomia (retirada de uma parte ou de toda a patela) pode ser necessária.

emergencia-png-3.png

Emergência de Fratura